DODE – Guia do Design de São Paulo

MÓVEL: TERRITÓRIO AFETIVO

O arquiteto e designer Paulo Alves também traz no currículo a influência e a obra de Lina Bo Bardi, com quem colaborou em seu último projeto, a restauração do Palácio das Indústrias. Desde 2004 com marcenaria própria no bairro do Cambuci, abriu as portas de sua loja em 2012 na Vila, quando então começou a chamar a atenção da mídia por seus móveis que misturam madeiras em vários tons e texturas e, muito comumente, aludem às formas da natureza. Pés e estruturas lembram galhos e troncos estilizados, com o claro objetivo de se inspirar nos aspectos construtivos e de sustentação da natureza. “É o jeito que eu achei de aproveitar a inteligência da natureza para conectar o móvel à ideia das árvores, criando assim um elo afetivo entre o mobiliário e a pessoa, evitando o descarte.” É um jeito emocional de pensar a sustentabilidade. Sua cadeira Atibaia foi premiada em concursos nacionais de design. Vale uma visita mais demorada ao site do designer para apreciar seu mobiliário com proposta orgânica e valorização da diversidade brasileira das madeiras.

 

FURNITURE: AFFECTIVE TERRITORY

Architect and designer Paulo Alves has also been influenced by the word of Lina Bo Bardi, with whom he worked on her last project, the restoration of the Palácio das Indústrias. Since 2004 he has had his own cabinetmakers in the district of Cambuci, opening his own shop in 2012 in Vila Madalena, whereupon he began to draw media interest in his furniture, combining wood in various tones and textures, often alluding to shapes found in nature. Feet and Structure remind us of stylized tree trunks and structures, with clear intention of inspiring himself on aspects of creative and sustaining structures of nature. “It’s the way I’ve found to use the intelligence of nature to connect furniture to the idea of trees, creating an affective link between the furniture and the person, and obviating disposability.” It is a way of thinking emotionally about sustainability. His Atibaia chair has won awards at Brazilian design competitions. It’s worth paying a longer visit to his website to appreciate his furniture with its organic themes, made from a variety of Brazilian woods.

 

guia-do-design-de-sao-paulo-paulo-alves-pg-29

Newsletter

Inscreva-se e receba nossos conteúdos e promoções.

Nós não vendemos ou enviamos seus dados para outro lugar. Você pode se desinscrever na hora em que desejar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *